SIGA-NOS NO FACEBOOK

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Itapajé: Casos oficiais de chikungunya sobem para 75; dengue fez uma vítima fatal no município


Resultado de imagem para chikungunya sintomas

O último boletim epidemiológico sobre a incidência de arboviroses no estado do Ceará neste ano aponta para o registro de 51 mortes confirmadas em decorrência da febre chikungunya. O documento divulgado na última sexta-feira, 14, aponta que o Estado teve mais oito mortes pela doença. Do total de óbitos neste ano, 40 residiam em Fortaleza.
 Ainda de acordo com a Secretaria Estadual da Saúde, casos de dengue, chikungunya e zika foram registrados em 168 dos 184 municípios cearenses nas últimas 25 semanas.
Os casos de dengue confirmados neste ano são de 76, com 14 casos graves confirmados. Até agora, oito pessoas morreram. Dessas, quatro na Capital, e as outras distribuídas nos municípios de Itapajé, Maracanaú, Paracuru e Tabuleiro do Norte.
De janeiro até agora, foram registrados 2.593 casos suspeitos de zika, sendo confirmados 1.126 casos.
 Itapajé
O boletim epidemiológico mais recente aponta ainda que no nosso município foram registrados oficialmente 09 casos de dengue entre 120 casos notificados e um óbito. Já no que diz respeito aos casos de chikungunya, Itapajé apresenta agora 75 casos confirmados dentre 282 notificações. O município não apresenta neste ano casos oficiais de zika vírus.
 De acordo com boletim anterior, datado do dia 07 deste mês, Itapajé registrava 60 casos confirmados de chikungunya. Os números tendem a crescer ainda mais, uma vez que o Laboratório Central da Sesa demora em média trinta dias para expedir laudo de análise dos casos notificados.
 Mardem Lopes