A União Cearense de Clubes (Uniclubes), formada por 26 times profissionais do Interior e da Capital, declarou apoio a Camilo Santana, candidato a governador do Estado pela coligação “Para o Ceará Seguir Mudando”. A adesão foi confirmada na manhã desta quarta-feira (22), durante encontro com Camilo na visita do candidato às obras do Centro de Formação Olímpica (CFO), localizado em frente ao Castelão. Na oportunidade, os representantes da Uniclubes entregaram uma carta de propostas com ideias para melhorar a situação financeira dos clubes do futebol profissional do Ceará.
Camilo já havia recebido o apoio dos presidentes licenciados dos dois maiores clubes de futebol do Estado: Evandro Leitão (Ceará) e Osmar Baquit (Fortaleza). Após a reunião, ao todo, 28 equipes da primeira, segunda e terceira divisões declararam apoio ao 13. “Achei o encontro com Camilo bastante proveitoso. Pretendemos reformular o futebol cearense e recolocá-lo em um patamar que ele não deveria ter saído. Partimos na frente no sentido de trazer as nossas necessidades, pois se encaixam exatamente nossas ideias com o projeto dele. Não tenha dúvida que o nosso candidato é o Camilo”, corroborou o presidente da Uniclubes e do Crateús Esporte Clube, Franzé Martins.
Para o ex-jogador Mirandinha, a reunião foi excelente porque Camilo se prontificou de estudar o assunto mais profundamente e todas as questões levantadas pela Uniclubes na carta. Ele também vai agendar um novo encontro com os representantes dos clubes ainda neste ano, caso seja eleito governador do Estado. O ex-presidente da entidade acredita que é preciso dar continuidade ao processo de mudança já iniciado com o governo estadual. “Como eu sou um homem do esporte, mais do que nunca, estou engajado nessa campanha e em dar todo o suporte possível da Uniclubes a Camilo Santana. Temos convicção de que com ele poderemos alavancar o esporte no nosso Estado”, afirmou Mirandinha.
Uniclubes
A Uniclubes reúne times tradicionais do interior e da Capital, como Tiradentes, Calouros do Ar, Iguatu, Barbalha, Itapajé e Maracanã, de Maracanaú. O encontro com Camilo mostrou aos dirigentes mais um ponto forte do candidato: a disposição para o diálogo. “Vou levar esse documento e me comprometo em formar uma equipe técnica para voltarmos a discutir esse assunto. Se Deus e o povo do Ceará me permitir ser governador, vamos voltar a nos reunir e envolver todas as entidades ligadas ao esporte em prol da melhoria do nosso futebol”, concluiu Camilo.